Meet us at ISN-WCN 2024 in Buenos Aires, 13–16 April!

Logo TauroLock

Perguntas frequentes

sobre TauroLock™

NutriLock™ e TauroLock™ são soluções de bloqueio do cateter em acesso vascular tunelizado e não tunelizados e sistema port para a prevenção de infeções associadas ao cateter e problemas de fluxo do cateter.

NutriLock™ contém taurolidina como ingrediente antimicrobiano. Além da taurolidina, as soluções de bloqueio TauroLock™ também contêm citrato a 4 % para a manutenção da patência do cateter.

Além da taurolidina e do citrato a 4 %, TauroLock™-HEP100 contém mais 100 IU/ml de heparina para melhorar a patência. TauroLock™-HEP-500 contém 500 IU/mL adicionais de heparina.

 

A profilaxia mais eficaz contra a oclusão do cateter é mantida com o uso regular de TauroLock™-U25.000, contendo 25.000 UI de uroquinase (5.000 UI/ml), taurolidina e citrato a 4 %. Com isso, reduz-se substancialmente os problemas de fluxo no cateter (consulte as recomendações sobre soluções de bloqueio em diálise).

 

A decisão de qual solução de bloqueio de cateter é mais vantajosa irá depender da situação individual do paciente. O uso alternado (por exemplo, TauroLock™-HEP500, TauroLock™-25.000) é viável.

A heparina e o citrato a 4 % têm apenas efeitos anticoagulantes, mas sem propriedades bactericidas. Consequentemente, a contaminação do cateter pode levar à bacteriemia. As soluções de bloqueio TauroLock™ são usadas para prevenir infeções e oclusões em cateteres e sistema port. NutriLock™ atua profilaticamente contra infeções de cateter. O uso profilático de soluções de TauroLock™ evita a formação de biofilme e, portanto, mantém a taxa de fluxo no cateter e/ou de sistema port. A atividade fibrinolítica do TauroLock™ -U25.000 melhora ainda mais a permeabilidade ao dissolver os coágulos já formados.

Não são conhecidos efeitos colaterais tópicos ou sistêmicos dos ingredientes. Devido ao teor de citrato (teor de citrato: 4 %), a aplicação excessivamente rápida na corrente sanguínea pode levar a efeitos hipocalcêmicos leves (por exemplo, gosto metálico).

Uma concentração de citrato a 4 % é recomendada pelas autoridades reguladoras dos EUA e outros.

 

  • No contexto de um caso de fatalidade, o FDA emitiu um aviso para não usar um produto com maior teor de citrato (Tricitrasol, 46,7 %). Soluções de bloqueio desse tipo tiveram que ser retiradas do mercado dos Estados Unidos. Seu uso não é mais aprovado.
  • Da mesma forma, a sobre-instilação de menos de 1 ml por lúmen de uma solução de citrato a 30% induziu parada cardíaca transitória em dois casos na Holanda (Punt et al. Clinical Nephrology 2008. DOI: 10.5414/cnp69317).
  • Um alto teor de citrato (46,7 %) também pode levar a eventos embólicos que podem ser desencadeados pela precipitação de proteínas (Willicombe et al. American Journal of Kidney Diseases 2010. DOI: 10.1053/j.ajkd.2009.06.037 / Schilcher et al. Nephrol Dial Transplant 2012. DOI: 10.1093/ndt/gfs048).
  • Antes de instilar a solução de bloqueio, lave o sistema de acesso vascular com pelo menos 10 ml de soro fisiológico com a técnica de lavagem pulsátil.
  • Use uma seringa adequada para remover a solução de bloqueio NutriLock™ ou TauroLock™ do recipiente.
  • Instile a solução de bloqueio no dispositivo de acesso em uma quantidade suficiente para preencher o lúmen completamente. O volume de preenchimento específico é indicado nas instruções de uso do sistema de acesso.
  • As soluções de bloqueio NutriLock™ ou TauroLock™ permanecem dentro do sistema de acesso até o próximo tratamento.
  • Antes de iniciar o próximo tratamento, a solução de bloqueio deve ser aspirada.

Lave o sistema de acesso vascular com 10 ml de soro fisiológico.

O ingrediente antimicrobiano da solução de bloqueio é degradado com extrema rapidez assim que entra no corpo. A degradação produz taurina, um aminoácido que está naturalmente presente no corpo.

Todas as soluções de TauroLock™ podem causar hipocalcemia leve (o comum gosto metálico na boca). Esses efeitos adversos leves podem ser evitados através de uma instilação lenta respeitando o volume do dispositivo ou pelo uso de uma solução de bloqueio sem citrato (NutriLock™). Sangramento também não pode ser completamente excluído para TauroLock™-HEP100 e TauroLock™-HEP500 (muito raro).

Além disso, TauroLock™, TauroLock™ -HEP100, TauroLock™-HEP500 e TauroLock™-U25.000 podem causar uma reação anafilática (muito rara). TauroLock™-U25.000 também pode levar a eventos hemorrágicos (muito raro).

As soluções TauroLock™ foram aprovadas como um dispositivo médico com registro CE desde 2004.

Se desejar encomendar uma determinada quantidade de nossos produtos, entre em Contacto com o distribuidor em seu respetivo país ou entre em contacto conosco. Processaremos sua solicitação o mais rápido possível.

Por favor, consulte nossos produtos individualmente para verificar as quantidades disponíveis.

O efeito do TauroLock™ em vários materiais de cateter (poliuretano, silicone) foi investigado. Todos os tipos de cateteres permanecem intactos, mesmo em testes de longo prazo.

As descobertas atuais mostram que uma solução de heparina de 5.000 UI/ml pode ser substituída por TauroLock™-HEP500 sem problemas. Assim, o uso de heparina pode ser reduzido drasticamente. TauroLock™-HEP500 é o produto de escolha em diálise, enquanto TauroLock™-HEP100 é usado principalmente em hematologia / oncologia ou em pacientes pediátricos. TauroLock™-HEP100 ou TauroLock™-HEP500 deve ser aspirado antes do próximo tratamento.

TauroLock™

Newsletter

We'll keep you posted on upcoming events, free download materials, and research insights.