Meet us at ISN-WCN 2024 in Buenos Aires, 13–16 April!

Logo TauroLock

Soluções de bloqueio em diálise

Componentes, eficácia, recomendações

Cateteres venosos centrais (CVC) são comumente usados em pacientes com insuficiência renal permanente. Em uso regular, um cateter implantado em uma veia central facilita a diálise. Ao longo deste tratamento, a equipe médica, tanto quanto possível, deve minimizar o risco de infeções associadas ao cateter. É aqui que o TauroLock™ é utilizado. Combinando taurolidina e citrato com heparina ou uroquinase, oferecemos soluções de bloqueio para atender às necessidades dos pacientes em diálise:

  • proteção contra infeções
  • prevenção da coagulação do sangue
  • aplicação segura em vários contextos

Neste site, poderá obter maiores informações sobre o uso e os benefícios das soluções de TauroLock™ para cateteres permanentes, necessários na terapia de diálise.

Soluções de bloqueio TauroLock™ para hemodiálise

Para monitorar os dispositivos de acesso vascular (VAD), é necessário considerar dois objetivos principais: primeiro, o cateter não deve entrar em contacto com bactérias e fungos, em segundo lugar, é essencial evitar a coagulação do sangue. Nossas soluções de bloqueio evitam a formação de um biofilme em CVCs durante o tratamento de diálise. Como resultado, ambos os objetivos são atendidos:

A taurolidina

mata mais de 500 tipos de germes.


O citrato, a heparina e a uroquinase

mantêm uma taxa de fluxo sanguíneo adequada.


As soluções de TauroLock™ têm como base uma combinação de taurolidina e citrato, complementada por heparina ou uroquinase. Portanto, elas têm um efeito antimicrobiano, anticoagulante e também trombolítico. Dependendo das condições individuais dos pacientes, existem diferentes opções disponíveis.

TauroLock™-Hep500 em diálise

Pacientes em diálise são propensos a desenvolver altas taxas de oclusão. Recomendamos uma solução de bloqueio que inclui o anticoagulante heparina. TauroLock™-HEP500 contém 500 UI de heparina por ml, taurolidina e citrato a 4 %. Esta composição reduz as taxas de oclusão tão eficientemente quanto 5.000 UI/ml de heparina. Ao mesmo tempo, evita infeções relacionadas ao cateter.

TauroLock™-U25.000 em diálise

Pacientes com tendência a altas taxas de oclusão e THI (trombocitopenia induzida por heparina) beneficiar-se-ão de uma solução de bloqueio livre de heparina, mas suplementada pelo agente trombolítico uroquinase. TauroLock™ -U25.000 contém taurolidina, citrato a 4 % e 25.000 UI de uroquinase. Quando usada regularmente (por exemplo, semanalmente) como profilaxia em diálise, esta solução irá prevenir de forma confiável oclusões de cateter e melhorar a taxa de patência. Além disso, evita infeções relacionadas ao cateter.

TauroLock™ em diálise

 

Os pacientes que sofrem de TIH também podem optar por outra solução de bloqueio sem heparina: TauroLock™contém taurolidina e citrato a 4 %. Além de seu efeito bactericida e fungicida, também previne oclusões. Assim, os pacientes permanecem protegidos contra infeções e coagulação do sangue.

Todos os ingredientes mencionados acima foram aprovados e recomendados nas diretrizes atuais (ERBP, DGfN, UK Ren. Ass., SF2H e outras diretrizes nacionais).

 

Observe que todos os produtos TauroLock™ devem ser administrados por uma equipe treinada com conhecimento e experiência médica. Com base nesta premissa, aconselhamos o seguinte procedimento:

1. Antes da diálise

  • Remova TauroLock™/TauroLock™-HEP500/TauroLock™-U25.000 e o sangue residual do cateter.
  • Lave todos os lúmens do dispositivo de acesso com 10 ml de soro fisiológico com uma seringa de acordo com a técnica "push-pause".
  • Inicie a diálise.

 

2. Após a diálise

  • Lave ambos os lúmens com 10 ml de soro fisiológico usando a técnica "push-pause".
  • Bata suavemente na parte superior da ampola para escoar a solução de bloqueio.
  • Incline a ampola de forma que possa ver um ponto branco no topo e quebre rapidamente a ampola.
  • Retire a solução de TauroLock™ da ampola com uma seringa estéril.
  • Ao utilizar TauroLock™-U25.000:Reconstitua a uroquinase que é fornecida em um frasco separado com TauroLock™ retirado da ampola. TauroLock™-U25.000 deve ser usado imediatamente após a reconstituição.

 

3. Entre as sessões de tratamento

  • Para garantir a eficácia profilática da solução, instile lentamente um volume suficiente para preencher todos os lúmens do VAD.
  • Verifique o volume de preenchimento correto de cada lúmen conforme indicado no dispositivo, ou obtenha instruções do
    respetivo fabricante.

Mais informações

Baixe os materiais na área de soluções em diálise

TauroLock™

Newsletter

We'll keep you posted on upcoming events, free download materials, and research insights.